Última vitória do Vasco sobre o Palmeiras foi há 9 anos e teve show de Nenê

Última vitória do Vasco sobre o Palmeiras foi há 9 anos e teve show de Nenê Sábado, 08/06/2024 – 18:33

Na próxima quinta-feira, o Vasco enfrenta o Palmeiras, um adversário que causa incômodo em retrospecto recente do confronto. A última vez que a equipe cruz-maltina venceu foi há nove anos, em jogo válido pelo Brasileirão 2015, com direito a show de Nenê. Você se lembra?

De lá para cá, foram 10 partidas contra o Palmeiras, com seis derrotas e quatro empates. O Vasco de Álvaro Pacheco tenta quebrar essa sequência na quinta, às 21h30 (de Brasília), no Allianz Parque, em jogo válido pela oitava rodada do Brasileirão 2024.

Naquela partida, o Vasco foi a campo pressionadíssimo: o time comandado por Jorginho encontrava-se na zona de rebaixamento, estava em uma evidente reação no campeonato, mas a situação ainda era difícil. Já o Palmeiras frequentava o meio da tabela e tinha pretensões de chegar ao menos ao G-4.

O jogo foi válido pela 34ª rodada do Brasileirão. Com o apito final, restariam mais quatro partidas até o fim do campeonato, portanto.

Escalações de Palmeiras 0 x 2 Vasco, pela 34ª rodada do Brasileirão de 2015:

• Palmeiras: Fernando Prass, João Pedro, Jackson, Vitor Hugo, Zé Roberto, Egídio (Fellype Gabriel), Thiago Santos, Robinho, Lucas Barríos (Alecsandro), Rafael Marques (Kelvin) e Gabriel Jesus

• Vasco: Martín Silva, Luan, Rodrigo, Júlio César, Madson, Diguinho, Serginho, Andrezinho, Nenê (Rafael Vaz), Rafael Silva (Júlio dos Santos) e Riascos (Éder Luís)

O Vasco teve postura valente no Allianz Parque e foi para cima do Palmeiras desde os primeiros minutos e foi para o intervalo já com a vitória por 2 a 0 encaminhada. O primeiro gol saiu aos 35 minutos, com Rafael Silva completando de cabeça o escanteio cobrado por Nenê pela esquerda. A bola ainda tocou caprichosamente o pé da trave antes de entrar no gol de Fernando Prass.

Cinco minutos depois, saiu o segundo: Rafael Silva fez boa jogada na entrada da área, a defesa do Palmeiras se atrapalhou, e a bola sobrou para Nenê, que deu um toque de categoria por cima de Prass para ampliar.

A partida ainda foi marcada por uma caneta humilhante aplicada por Nenê em Barrios, em lance colado na linha lateral (veja no vídeo que abre a matéria). O camisa 10 do Vasco sofreu falta na sequência.

Apesar da vitória, o Vasco não conseguiu escapar do rebaixamento. A equipe foi até o fim sem perder: venceu Joinville e Santos e empatou com Corinthians e Coritiba. Mas terminou em 18º lugar e disputou a Série B em 2016.

Fonte: ge

admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *